It Girls



É comum ouvirmos o termo “it girl” quando o assunto envolve a combinação entre moda, comportamento, tendências e celebridades. Mas quem são essas famosas mulheres que possuem tanto poder, exercendo tamanha influência na sociedade feminina atual? Como musas, essas garotas apresentam estilos de vida cobiçados, bom gosto e, principalmente, muita personalidade.

O termo “it girl” surgiu no ano de 1927, quando foi atribuído à atriz Clara Bow, que deu vida a uma garota que fazia uso do sexo para obter poder, a qual, com seus cabelos ruivos e olhar expressivo, seduzia o público com atributos inexplicáveis.




Nova York é a terra das ‘it girls’! Tudo começa com as voguettes (meninas que trabalham na revista Vogue americana), e forma um time de bons exemplos da categoria: Sylvana Soto-Ward, Lauren Santo Domingo, Meredith Melling Burke e Olivia Palermo (eleita pelas leitoras dos blogs a segunda maior ‘it’ de todas). Audrey Hepburn, eterna bonequinha de luxo, sempre será a primeirona. Elas são as queridinhas de fotógrafos e estilistas, sendo reconhecidas como ótimas influenciadoras de estilo e ditadoras de tendências.









Modernas e acima de tudo confiantes, as “it girls” possuem uma enorme ousadia, a qual faz toda a diferença ao comporem suas produções. No cenário nacional também é possível acompanhar o surgimento das “It´s”, visto que elas estão presentes em pequenas e grandes cidades. Independentes, de personalidade marcante, com um círculo de amizades numeroso, experientes, ousadas e, sobretudo, com um senso de estilo sem igual, elas são as mulheres que quando passam geralmente atraem olhares, comentários e despertam a curiosidade das demais. Ex.: Heleninha Bordon, Lalá Rudge, Tamara Gontijo.

Uma It girl é Ale Garattoni, que era dona do blog itgirls.com.br (do qual ela deletou todo o conteúdo) e autora do livro “IT GIRLS” (o qual estou lendo no momento). Ale acha que a maioria das verdadeiras it girls é anônima (ou quase): “São meninas que inspiram dentro de uma escola, faculdade ou grupo de amigas”, explica.






Para identificar quem são as “it girls” nos ambientes que frequenta, basta fazer uma breve análise de perfil: Quem são as garotas que aliam inteligência, bom gosto e um quê de ousadia? Essas são as maiores apostas para o “cargo”.

Independente de marcas e etiquetas, essas meninas desfilam looks certeiros obtidos com a mistura de peças finas com aquelas que todas nós podemos encontrar em nossos guarda-roupas – ou no de nossas mães. Apesar de estarem sempre antenadas ao que entra e sai de moda, elas privilegiam suas preferências na hora de se vestir, podendo, com isso, adquirir uma espécie de marca registrada.

Muito além da aparência, essas mulheres da vez esbanjam atitude (atributo que se torna ingrediente fundamental para a aceitação e reconhecimento das “it”). Sem a necessidade de possuírem muita grana para agradarem com o visual, elas relevam a importância da imagem, até sabem que são vistas como tais, mas não buscam assumir esse rótulo; este acaba sendo apenas uma conseqüência de suas boas escolhas.

Portanto, o que vemos e aprendemos como as “It Girls” é que não só de moda e aparência sobrevive uma musa, mas seu comportamento, personalidade e valores apresentam participação fundamental para o seu prestígio. Uma pitada de estilo próprio e ousadia agregam para o resultado de looks, podendo fazer muito mais por eles do que uma bolsa de marca top, por isso atente para essas garotas-referência e saiba extrair as informações corretas para adaptá-las ao seu visual e poder esbanjar charme, confiança e sofisticação como o fazem sem esforços as it girls do momento!




Comentários

/baby belchior; disse…
Olivia Wilde, minha It Girl, adoro ela, acho super fofa, linda, e suuper estilosa >.<

Besos;
http://babybelchior.blogspot.com
@babybeelchior
Izabelline disse…
ESTILO E GLAMOUR TOTAL! AMOO..
girlsconspiracy disse…
Amei o post.. Sou muito fã da Audrey acho ela imbatível no quesito It girls, mas olívia palermo e alexa chung também são grandes inspirações. É legal que as it girls tornem-se referências, mas muitas meninas não administram bem isso e ternminam copiando o estilo e isso não é nem um pouco legal. Mas como inspiração são as melhores.
Aurélia Mattos disse…
Uau! que post show. adorei!! looks de poderosas. bjs
www.aureliamattos.com.br
Mara Souza disse…
Bem bacana o post!

Beijos,
Mara
http://verypinksmile.blogspot.com
Flavinha disse…
Amei o post!!! Eu não gosto de pessoas pouco originais que copiam o estilos das outras pessoa, acredito que tem que ter personalidade pra fazer seu próprio estilo...
Bjo
http://lowdress.wordpress.com/
Lari disse…
Muito bom o seu post explicando o termo "it girl". Ultimamente, a mídia anda banalizando tanto o termo, que é sempre bom alguém relembrar o real significado.
Beijos,
http://blogdalariduarte.blogspot.com
Adorei seu blog!! Excelente escrita!!
Esse post está perfeito!!

Beijos,

Liss
http://www.coisitasdeluxo.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

Inspirações ... Sonhos????

Famosos criam linhas de roupas íntimas e viram seus próprios garotos-propaganda!!!

Line-up Rio Fashion ...