Gravatas ...


Oi meninos!!!! Não estou louca meninas ... Hoje o post é para eles...
Tenho muitos amigos que leem o blog com frequência e reclamam que não falo de moda para eles .... Pois isso acabou ...  Resolvi dedicar um espaçinho aqui para vocês...

Primeiro assunto do post...
Gravatas!!!




Primeira e PRINCIPAL regra: Camisa de manga curta com gravata NÃO, JAMAIS!
Leram bem? A regra é clara!! NUNCA!!!!

Camisas com botão na gola, podem ou não ser usadas com gravata?
Camisas sociais com botões no colarinho são sempre um pouco menos formais, usadas mais no cotidiano. Compromissos cerimoniosos, de dia ou à noite, requerem camisas sem botões no colarinho.

E como combinar a gravata com a camisa??
Ixiiii difícil essa pergunta né. Mas acho com bom senso você consegue combinar muito bem ... Porem como bom senso é muito vago, vamos para algumas dicas...
Camisas brancas são uma peça-coringa do guarda-roupa masculino. Elas vão bem com qualquer tipo de gravata e aceitam os mais diferentes tipos de combinação.
Camisas azuis seguem praticamente as mesmas regras da camisa branca, principalmente as mais claras. É uma boa opção para variar no dia a dia.
Camisas listradas exigem mais cuidado na hora da escolha da gravata, pois requerem atenção tanto com a largura das listras, quanto com as cores.
Camisas com quadriculado pequeno e com fundo neutro como branco e azul são as ideais para roupas formais. Evite camisas com xadrez (tipo escocês) porque são bem mais difíceis de combinar.
Para começar, você pode investir em camisas listradas combinadas com gravatas com padrões diferenciados como relevos, desenhos pequenos e até com listras. O segredo é usar um tom mais próximo das listras da camisa e elegê-lo como base. Para dar o destaque para a gravata, se a camisa for clara, use gravata mais escura. No caso de preferir juntar listras com listras, procure usar uma equação simples: camisa de listras finas fica bem com gravatas de listras mais grossas e vice-versa.
Procure experimentar um modelo de gravata com tons mais quentes como vermelho, por exemplo. Elas ficam ótimas quando combinadas com camisa rosa (num tom clarinho) e usadas com terno azul-marinho ou cinza (obs.: Meninos vocês ficam ótimos de camisa rosa... Nessa hora deixar o preconceito de lado e se jogar na cor vale e muito). Não tenha medo de exagerar, afinal, o tom forte e chamativo está num detalhe pequeno (no caso, a gravata), e serve para iluminar, para dar graça a sua produção. Sobre as camisas em tom rosa claro, há tempos já foram liberadas até para os mais conservadores. E sim!!! Nós mulheres amamos camisa rosa!

Agora antes de falarmos em nó, vamos falar de comprimento.

Garanto que deve surgir sempre uma pontinha de dúvida... Como não se usa gravata sem cinto, uma dica é marcar a altura ideal da ponta da gravata com o início da fivela do cinto, com tolerância de a gravata atingir a metade da largura do cinto ou ficar rente ao início, ou seja, nem muito abaixo, nem muito acima, nem comprida demais nem tão curta. Entendido????



A parte mais difícil e que mais chama atenção é o bentido do nó!!!
Vou passar uma pequena colinha dos nós mais importantes:

Nó pequeno:
É como seu nome indica : pequeno.
Ele adequa-se particularmente as gravatas espessas ou as camisas com colarinho apertado. Deve evitar-se em camisas com colarinho longo ou afastado. Fácil a realizar mesmo necessitando de uma "rotação" de 180 °, o nó pequeno é a fórmula mais simples de fazer uma gravata.



Preparação: Ponha a sua gravata no lugar e vire a parte larga de 180° (veja o plano acima). Ou para evitar a "rotação", deslize simplesmente a sua gravata ao avesso à volta do pescoço. A parta larga deixa-se mais comprida que a parte estreita.
A realização de um nó pequeno é feito em 4 fases:
Fase 1: Por baixo do colarinho, leve a parte larga por baixo da parte estreita.
Fase 2: Passe de seguida a parte larga por cima da parte estreita.
Fase 3: Mantenha a fivela passando a parte larga para cima; desamarotte a parte larga e deslize-a pela fivela.
Fase 4: Finalmente ajuste o nó com a gravata depois remonte-o.


O Nó Simples:

O nó simples é o grande clássico de nós de gravata. Ele é sem dúvida o mais utilizado porque é simples de realizar e condiz com a maioria das gravatas e colarinhos das camisas. Ele é perfeito para os homens de média ou elevada estatura.

Cônico e alongado, o nó simples é estreito quando realizado com gravatas finas e mais largo quando realizado com gravatas grossas.



Preparação: Volta para cima o colarinho da sua camisa, feche o botão e coloque a gravata. 
Os homens de média estatura colocarão a parte estreita da gravata ao nível do cinto e os homens de elevada estatura colocarão acima. Os homens de busto curto quanto a eles preferirão o nó duplo, cuja forma é semelhante.

As fases:
Fase 1: Por baixo do colarinho, cruze a parte larga sobre a parte estreita.
Fase 2: Faça deslizar a parte larga sob a parte estreita.
Fase 3: Envolva a parte larga sobre a parte estreita.
 
Fase 4: Passa para cima a parte larga e por baixo da gravata coloque o índex no nó realizado. Retira o índex e deslize a parte larga da gravata na fivela.
Fase 5: Mantenha a parta estreita. Tira delicadamente a parta larga para apertar a fivela. Ajuste o nó, e em seguida eleve até ao último botão do colarinho.


Uma vês feito o nó da gravata, a parte estreita não deve ser visível e a extremidade da parte larga deve situar-se ao nível da cintura.

Nó Duplo:
O nó duplo é muito parecido com o nó simples a ùnica diferença é que requer uma segunda rotação; no inicio, a parte larga é passada duas vezes em redor da parte estreita.

Mais grosso no seu aspecto que o nó simples, o nó duplo é ideal com a maioria das camisas. Ele é perfeito com todas as gravatas com à exceção das muitas espessas.


Preparação: Coloque a sua gravata à volte do pescoço apòs ter fechado o último botão da camisa e de ter voltado para cima o colarinho.
As duas partes da gravata são colocadas de forma assimétrica. A parte larga deixa-se bem mais longa que a parte estreita.

O nó duplo em 4 fases:
Fase 1: Por baixo do colarinho, passe uma primeira vez a parte larga em volta da parte estreita (veja a fase 1 - 3 do nó simples).
Fase 2: Passe em segunda vez a parte larga em volta da parte estreita.
Fase 3: Coloque a parte larga voltada para cima por baixo da gravata e deslize-a pela fivela formada pela primeira ou segunda rotação.
Fase 4: Por fim ajuste o nó obtido, remonte-o e centro-o ao meio do colarinho.


Nó Windsor:
O nó Windsor é o nó das grandes ocasiões. Muito inglês, o seu nome provêm do Duque de Windsor que o popularizou.

Como ele é volumoso, deve ser realizado de preferência em colarinhos afastados, como os colarinhos italianos ou os colarinhos Windsor.
Por vezes complexo a realizar, ele, para ser bem executado, necessita cair entre as duas partes do colarinho e de esconder o último botão da camisa.



Preparação: Ponha a sua gravata em redor do pescoço depois de ter fechado o ultimo botão da camisa e de ter voltado para cima o colarinho. As duas partes da gravata são colocadas de forma assimétrica. A parte larga é deixada muito mais comprida do que a parte estreita.

As fases:
Fase 1: Cruze a parte larga sobre a parte estreita. Mantenha o cruzamento, e ao lado, faça uma fivela subindo a parte larga sobre a gravata e rebaixe-a.
Fase 2: Ponha a parte grande para o outro lado sob o cruzamento. Faça outra fivela subindo a parte larga sobre a gravata e baixando-a.
Fase 3: Passe horizontalmente a parte larga pela frente da parte estreita.
Fase 4: Passe verticalmente a parte larga sob a gravata, desamarotte-o e faça passar a parte larga na fivela.
Fase 5: Mantenha a parta estreita, puxe delicadamente sobre a parte larga para apertar a gravata; centro o nó ao alto e ao meio do colarinho.





Nó Meio Windsor:
O Meio Windsor assemelha-se ao nó Windsor no entanto menos espesso e mais fácil de realizar.

Ele utiliza-se idealmente com gravatas finas ou pouco espessas. Elegante e triangular, ele adapte-se preferencialmente sobre uma camisa de colarinho clássico ou uma camisa de colarinho aberto.


Preparação: Coloque a gravata à volta do pescoço. Os homens de tamanhos comuns colocarão o a parte estreita bem por cima da cintura.

Meio Windsor faz-se em 4 fases:
Fase 1: Cruze a parte larga sobre a parte estreita. Mantenha o cruzamento, e ao lado, faça uma fivela subindo a parta larga sob a gravata e faça-a sair.
Fase 2: Passa a parte larga horizontalmente por trás, depois pela frente da parte estreita.
Fase 3: Entre o cruzamento, passe verticalmente a parta larga sob a gravata e deslize- a na fivela.
Fase 4: Mantenha a parte estreita. Puxe sobre a parte larga para formar o nó. Deslize este último até ao último botão do colarinho da camisa e centre-o.



Ao fim de dar o nó, a parte estreita não deve ser visível e a extremidade da parte larga deve situar-se ao nível do cinto.

Bem espero ter ajudado ... E conseguido tirar as duvidas de vocês meninos...
Aguardem que em breve tem mais para vocês .... 










Comentários

Mery disse…
Adorei o post Aline!!! Homem de terno eh tudo de bom!!! Bjokas
www.coqueluxos.com
Tabuleiro Chic disse…
Que legal!!!Amamos este post que fez dedicado para eles!!!Beijinhos do TC!!!
Robson disse…
Muito bom o post, meu amor!!! A explicação dos nós para gravatas ficaram sensacionais!!! Parabéns...
Amigas e Afins disse…
Oi !!

Amei o post! Ótimas dicas!! Vou passar pro maridãooo!
=)

Beijos

www.amigaseafins.com
@amigaseafins
Ahhhótimas dicas..Meu namorado sempre erra kkkk..,

Bjinhos

http://www.pensaseeufosserica.com/
Ahhhótimas dicas..Meu namorado sempre erra kkkk..,

Bjinhos

http://www.pensaseeufosserica.com/
Ahhhótimas dicas..Meu namorado sempre erra kkkk..,

Bjinhos

http://www.pensaseeufosserica.com/
Ahhhótimas dicas..Meu namorado sempre erra kkkk..,

Bjinhos

http://www.pensaseeufosserica.com/
Carol Veronese disse…
Ótimo post, bem explicativo!

Beijos,
Carol
http://retratoseretalhos.com.br
Kathya Stryzak disse…
Hola!! boa explicacao!! ta bom isso!! beijos e boa semana!!
Aninha Varjão disse…
Arrasou no post....bem completo....amei!
Bjinhux
http://saiaplissada.blogspot.com
It girls disse…
Menina super útil seu post, muita gente não sabe dar nó na gravata. Tudo bem explicadinho.

http://www.profanofeminino.com/
TELMA GUEDES disse…
nossa, vc deu o serviço completo! os homens devem ficar a par para nao fazer feio e aprender a usar certinho e com charme...tudo bom por ai?...o molde não rola né? deixa p lá lindona, beijos
Bibelotbyisa disse…
Olá,
Venha participar do sorteio de 6 meses do blog:
http://bibelotbyisa.blogspot.com
Beijos e ótima semaninha
Isa
Que post incrível!!! Completinho...
Confesso que não sei fazer o nó da gravata, mas vou tentar!
Toda mulher precisa saber para agradar o amado ou o ajudar o filhão.
beijosss
Camille disse…
adorei as dicas da gravata! sempre tive dificuldade de amarralas! hehehe
bjs
Phil disse…
Eu gostei, pois eu propria não sabia dar nós de gravata e acho muito útil :)
Brechó da Xica disse…
adorei esse post!!muito util!!!

http://xicabrecho.blogspot.com/2011/10/elas-usam-vintage.html
Luana disse…
Muito bom o post

caprichou e acertou!!!

beijoss
TELMA GUEDES disse…
Aline, sei como é doença em casa, é fogo! se preocupa não...eu sei q vc trabalha e tudo mais...espero q tudo fique bem! beijosssssss
Liduh disse…
Que linda essa gravata da primeira imagem. Dicas excelentes, não é muito fácil fazer esse nó... amei as ilustrações;)
Beijos!

Postagens mais visitadas deste blog

Inspirações ... Sonhos????

Famosos criam linhas de roupas íntimas e viram seus próprios garotos-propaganda!!!

Line-up Rio Fashion ...